segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O Cavaleiro e a Sereia


No tempo em que as bruxas andavam de vassoura, vivia, no rio encantado, uma sereia muito bonita que estava apaixonada por um cavaleiro valente e corajoso.
Este rio encantado ficava no planeta do amor. Um planeta onde havia muita gente feliz, à excepção de uma bruxa malvada.
A bruxa vivia perto do rio, numa floresta sombria e triste. Ela era muito desastrada e enganava-se muitas vezes na magia.
Um dia viu a sereia e o cavaleiro juntos. Como era ruim, não suportava ver ninguém feliz. Então, pensou… pensou… e decidiu transformar a sereia numa menina muito feia e de quem ninguém gostasse.
Mas atrapalhou-se e as coisas não lhe saíram como queria, pois transformou-a numa menina linda e de quem toda a gente gostava.
Apesar de o cavaleiro estar loucamente apaixonado pela sereia, não a reconheceu na menina e ela foi obrigada a fazer a receita da felicidade.
…E resultou!
Desde então, para infelicidade da bruxa malvada, eles nunca mais se separaram.

Cintia Cardoso, 6.ºI

2 comentários:

Oficina de Língua disse...

A história está muito bonita, porque fala de uma bruxa e nós gostamos de histórias sobre bruxas!!!!!!!!!!!!!!!)=b

Carlos e Onésimo

Carmen Correia disse...

Esta história está genial!!! Uma bruxa desastrada, faz feitiços e sai tudo ao contrário! Continuem a escrever histórias tão brilhantes como esta.
Um beijinho Carmen